Técnicas para uma Entrevista Eficaz

Todos sabemos a importância das pessoas dentro de uma organização. Como o próprio conceito diz: uma organização é feita de duas ou mais pessoas.

As pessoas são a alma da empresa, são elas que fazem a máquina rodar, as coisas acontecerem.

No âmbito tático ou operacional, é preciso de pessoas.

Para que a empresa atinja seus objetivos, cresça e se mantenha forte no mercado em que está inserida é preciso ter as pessoas certas nos lugares certos e, mais do que isso, essas pessoas devem ter em seu perfil traços que sejam compatíveis com as diretrizes da organização onde está inserida.

Para ter a pessoa certa, no lugar certo, é de extrema importância que seja feito um processo seletivo sério e qualificado.

Cada empresa pode construir de acordo com suas características o seu modelo de processo seletivo.

No entanto, devem ser observar as etapas indispensáveis:  desenvolver o perfil do cargo, o perfil do candidato deve ser buscado de acordo com o cargo, recrutar, triar, avaliar e selecionar.

Destaco que uma parte importante do processo seletivo são as entrevistas.

A entrevista é sempre um ponto onde se pode conhecer mais sobre o candidato, saindo do currículo e partindo para realidade de fato, pois muitas vezes o currículo possibilita ao selecionador poucas informações para uma tomada de decisão.

Na etapa de entrevista é possível observar postura, capacidade de interpretação, capacidade de visão sistêmica, posicionamento sobre determinados aspectos. Enfim, a entrevista, muitas vezes, é o que define qual candidato escolher.

Pensando nisso, apresento algumas dicas para uma entrevista eficaz:

  • prepare-se com antecedência: estude o currículo do cliente, visite suas paginas sociais. Muitas vezes o que está nas entrelinhas é o que faz a grande diferença;

  • seja um bom ouvinte: nem sempre o que está sendo dito é o que de fato é, portanto atenda para histórias contraditórias, omissões de informações, relatos diferentes do que indica o currículo;.

  • postura adequada: lembre-se que o corpo fala, portanto evite fazer entrevista posicionando seu candidato atrás ( ou na frente ) de uma mesa, pois dessa forma você não vai conseguir observar os movimentos corporais dele enquanto reponde suas questões e a mesa vai servir como um objeto de defesa para o mesmo;

  • tom da Conversa: procure relaxar o candidato começando com uma conversa informal (ex: clima, dificuldade ou facilidades de chegar até o local da entrevista…). O momento de entrevista é um momento de muita tensão do candidato, portanto quanto mais conseguir deixá-lo a vontade, mais vai conseguir colher informações reais sobre o perfil.

  • entrevista Técnica e Comportamental: a entrevista deve ser dividida em aspectos técnicos onde se verifica as habilidades técnicas do candidato e comportamentais, onde se investiga características de aspectos do comportamento.

Gostou das dicas?

Deixe seu comentário aqui.

Leia mais no artigo do Consultor Alexandre Klein: COMO CONDUZIR UMA ENTREVISTA DE EMPREGO: DICAS PARA NÃO PROFISSIONAIS

Lisandra Moreira.

Consultora Associada do Grupo Scalco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *