Reunião com a Equipe: Por que fazer sempre?

Se existisse uma ferramenta da liderança, qual seria?

Se houvesse uma atitude ou comportamento que todo bom ou excelente líder necessariamente precisaria ter, qual seria?

Ou qual a melhor forma de colocar sua equipe no eixo?

Corrigir a rota e voltar evoluir na direção certa?

E como passar a mensagem clara para os liderados de uma forma que todos entendam?

Com base nessas perguntas, fiquei refletindo aqui, me permiti esperar por respostas as quais ainda não tinha surgido em minha mente.

Eis então que talvez sua cabeça já tenha lhe dado várias respostas (Ahhh, é isso.. Ahh, é aquilo), e muito provavelmente elas estão certas e certamente você já faz uso das mesmas no seu dia-a-dia.

Surge aqui que se houvesse apenas uma ferramenta da Liderança, está seria o Feedback.

Sei que pode parecer batido, mas quando alguém está fazendo algo errado, você tem coragem para dizer o certo a se fazer? Ou ainda, quando alguém está fazendo algo bem feito, você tem a genuína vontade de reconhecer e valorizar essa pessoa?

A maioria de nós tem facilidade para um dos lados, raramente para os dois, pois isso exige uma mentalidade muito presente para agir conforme a música.

E isso é para poucos, mas como você está aqui provavelmente você é um desses.

E o que você faz quando sua equipe sai do eixo?

Não entrega o que se espera?

Nós, do Grupo Scalco, temos um princípio que se chama “Marcação Cerrada”, onde fazemos uma analogia ao futebol em nosso Método de Consultoria. O método tem como subtítulo: “Medir para Corrigir, Monitorar para Melhorar”.

Basicamente medimos o comportamento humano e inspiramos nossos clientes a fazerem uso dos fatos, dos acontecimentos, da realidade experienciada para dar os retornos, feedbacks, aos seus liderados, orientados à resultados.

E por que fazemos reuniões?

Será que vale a pena tantas horas dedicadas a pautas que muitas vezes nem são colocadas em prática?

Cada assunto exige uma reunião, mas para todos os assuntos você precisa das pessoas, então nada mais justo do que ter uma reunião para alinhar a equipe, passar a mesma mensagem para todos, dar oportunidade de falarem de seus anseios e dificuldades, ou de trazerem melhorias à empresa.

Por fim, imagine agora semanalmente que o líder reúne sua equipe para conversar sobre os resultados da semana, falando dos bons resultados, elogiando na frente de todos as metas batidas de um, elogiando um comportamento inesperado feito por outro, e todos aqueles que não bateram as metas, não fizeram nada de diferente, só olhando e pensando poderia ser eu!

Manter a equipe motivada e inspirar aqueles de baixo desempenho é para poucos, e quanto mais clara for a imagem dessa reunião em sua mente, mais você saberá se é um desses ou não.

A consistência em fazer isso reuniões, unir a equipe, inspira-la, tem o poder de transformar os resultados de uma empresa, e com base nos resultados que vêm tendo, você sabe se sua empresa precisa investir mais nas reunião ou não.

Deixe nos comentários como tem sido suas reuniões.

Naturalmente, não existe uma ferramenta, um comportamento esperado, ou um mundo ideal para um líder extraordinário, o que existe é “O mundo ideal para o seu momento como líder”, que exige uma atitude diferente, uma ação diferente e, talvez, uma postura diferente.

Desejo uma ótima semana a você leitor!


Forte abraço!

Leia mais no artigo do Consultor Lucas Bidinotto: POR QUE MEU FUNCIONÁRIO NÃO SE COMPORTA COMO EU GOSTARIA?

Vinícius Nunes.

Consultor Associado do Grupo Scalco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *