Reunião com a equipe: Por que fazer sempre?

Inicialmente vamos tecer alguns comentários comuns que as pessoas fazem quando ficam sabendo de uma reunião, já que reuniões têm fama de serem chatas:

Ih! De novo? Garanto que não vão resolver nada! Aposto que só o Fulano vai ficar falando! Eu com um monte de coisa para fazer e ainda inventam uma reunião?

É claro que algumas regras básicas devem ser cumpridas, como já é sabido de muitos: criar uma pauta para reunião informando todos os assuntos que serão tratados, divulgar a pauta e a data e horário da reunião com antecedência, começar a reunião no horário marcado, estabelecer o horário previsto para o fim da reunião, entre outras coisas.

Mas uma reunião com seus vários assuntos debatidos, em algum momento exigirá que decisões sejam tomadas e as decisões devem ser tomadas!

Pois o passo seguinte à decisão da tomada é a implementação das ações, que por sua vez devem ter sempre responsáveis e prazos para serem concluídas.

É por isso que as reuniões devem ser feitas de forma constante com a equipe, para saber como estão se desenvolvendo as várias ações decorrentes de decisões que a empresa toma, pois é imprescindível para uma equipe saber como está o seu desempenho, se o que a equipe e seus integrantes estão fazendo é o que se espera deles.

E ter uma rotina de reuniões, conduzidas de forma metodológica e não de forma empírica é que fará com que as reuniões sejam produtivas e, consequentemente, as equipes também sejam produtivas.

Gostou? Deixe seu comentário abaixo.

Leia também o artigo da Consultora Érika Benites: DANDO FEEDBACK PARA OS SEUS COLABORADORES

Alexandre Klein.
Consultor Associado do Grupo Scalco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *