Qual a melhor abordagem para falar com um filho em fase de conhecer as “coisas”?

Vamos lá!



Se ele está conversando a respeito, é o momento de conversar sobre isso e a melhor abordagem será a sinceridade, a verdade e a naturalidade, seja qual for o tema: sexualidade, drogas, amor…

Porém, se ele não está falando sobre o assunto, seja qual for o tema, nessa idade, pode funcionar o “papo cabeça”.

Não sei como ele é, mas às vezes, dependendo do caso, funciona chamar e conversar, instruí-lo.

Podendo ser sobre qualquer tema devido à necessidade, como, por exemplo: drogas, sexualidade, estudos, dinheiro, namoro, etc.

Diga: “Sente-se aqui, vamos ter um papo cabeça sobre drogas.”

Agora, se conhecendo o seu filho, você percebe que não dará certo, busque conversar naturalmente, conversem no almoço, emita opiniões ao ver uma reportagem na televisão e, assim, ele irá percebendo as informações deixadas sobre o que vocês, pais, pensam.

Leia também: DIFICULDADES NA APROXIMAÇÃO COM OS FILHOS ADOLESCENTES? SAIBA O QUE FAZER!

Ajudei você?



Forte e carinhoso abraço!

Sobre o autor:

Marcel Scalcko ajuda as pessoas a viverem mais leve e realizar muito. É mentor há 24 anos. Já treinou mais de 110.000 pessoas. Descreveu as 9 Leis da Vida. Há mais de 30 anos estuda com os melhores mentores e treinadores do Brasil, Alemanha e Estados Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

: