O que fazer em tempos difíceis?

Em reuniões e conversas com gestores e administradores de empresas encontro uma certa familiaridade nos problemas, dúvidas e questionamentos.

Tem um determinado assunto que permeia e tem se tornado uma rotina constante em minhas visitas de consultoria. Recebo algumas perguntas semelhantes, unânimes entre os clientes:

  • Érika, como estão seus outros clientes? 
  • O que você pensa sobre o momento que estamos vivendo no país? 
  • Como as coisas estão em outros setores?

São perguntas complexas e ao mesmo tempo simples de responder.

Ao refletir sobre o mundo dos negócios, os lucros e a rentabilidade, posso dizer que existe uma série de fatores e variáveis que influenciam na resposta para estas indagações. 

Ao debater sobre o assunto, logo vem a minha pergunta: 

Diante deste cenário de mercado e mundo dos negócios o que você tem feito pelo seu negócio, para sua empresa e para seus colaboradores? 

E surgem novos questionamentos:

  • O que eu posso fazer diante de tanta concorrência? 
  • Como devo lidar com a inflação do jeito que está? Com o dólar que não para de subir? 
  • E se a minha equipe não colaborar? Se o governo não ajudar? Se as pessoas segurarem o dinheiro?

A resposta é: SIM. Você pode fazer algo. 

Sei como é difícil gerenciar/administrar um negócio diante de tantas situações adversas, mas ficar estagnado e preocupado com a concorrência ou com o momento do país não resolverá seus problemas, pelo contrário, vai tirar seu foco, sua energia e sua concentração sobre o que precisa ser feito.

Nós do Grupo Scalco estamos no mercado há mais de 22 anos ajudando pessoas, equipes e empresas a conquistarem seu máximo potencial. 

Afirmamos que sempre existe algo a ser feito, que seu negócio e sua equipe podem atingir resultados extraordinários.

Para ilustrar e deixar mais claro o que estou dizendo, seguem dois exemplos de clientes atendidos por mim.

Cliente 1: Faturamento de um negócio do ramo alimentício

Cliente 2: Mix de Diesel Aditivado (% de venda no volume total de venda de Diesel)

A questão maior não é o que acontece ao seu redor, mas o que acontece no seu negócio. 

Foque na sua própria empresa, busque estratégias e ferramentas que possam levar o seu negócio e sua equipe ao máximo potencial.

Sabe como?

Nós do Grupo Scalco estamos preparados para ajudá-lo.

Érika Benites
Consultora Associada do Grupo Scalco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *