O principal motivo da desmotivação: VIDA É CONEXÃO

Você sabia que existe uma maneira de você ter muito mais força, vontade, garra, determinação?

E tomado por essa força, tudo o que você fizer dará bons frutos? 

Assim é quando você se conecta e toma as forças a partir das suas raízes.

Ouça o texto:

Mas não é assim para 97%, das pessoas: você, eu, seu amigo, seu familiar, enfrenta a falta de força e motivação e ela vem das mais diversas situações

Do despertador que você coloca no modo soneca, todo santo dia.

Do curso de idiomas que você abandonou, 1, 2, 3 vezes e hoje você não entende um texto, uma frase em inglês.

Da academia, que você tenta todos os anos e para nos primeiros dias, ao sentir um pouco de dor, e você fala “Correr em esteira  não é pra mim.”

Daquela férias na praia tão desejada,  que você marcou com seu marido, com a sua esposa, e foi deixando, deixando, ninguém economizou e hoje vocês nem tocam mais no assunto.

Depois dos meus 23 anos de estudo sobre o comportamento humano, vi que muita das causas da falta da FORÇA, da falta de ENERGIA, está diretamente ligada ao NÃO tomar nossas conexões. 

Tá difícil de entender ainda né?

Mas vou te dar uma imagem que vai facilitar teu entendimento: 

Vamos imaginar o ser humano como uma árvore, as raízes logo abaixo são nossos país, e as raízes mais profundas todo os nossos antepassados.

E então quando, de alguma forma obstruímos a passagem dos “nutrientes” através das raízes,  a árvore deixa de crescer, não dá frutos, os galhos ficam muito fracos e  apodrecem, e por fim a árvore fica mais suscetíveis aos fungos e bactérias. 

Infelizmente, ou melhor, felizmente, porque você tem a oportunidade de perceber isso agora, essa analogia também se encaixa a nós seres humanos…

Estamos em algum grau, desconectado das nossas forças,  a nossas raízes, no caso, dos nossos pais e a nossa família. 

E sabe, não é difícil nos desconectarmos, é só a gente dar conselho ao nossos pais, dizer para eles se o que eles fazem é certo ou errado.

E agora quero fazer um pequeno parenteses, nós filhos, nos desconectamos ao ponto de  termos a pretensão de ser melhor que eles. 

E ao haver essa desconexão, surge grande parte dos problemas  e conflitos familiares, pois surge aquele pensamento de que “meu pai ou minha mãe não foi bom o suficiente para mim”, quando eles já nos deram tudo.  Absolutamente tudo.

Não te convenci ainda né? Você acha que seu pai, sua mãe não te deram tudo…

Cara amiga, amigo, do outro lado desta tela, veja bem, você ganhou a vida deles, “ah mas eu não escolhi viver”.

Sim, você não controlou isso, mas a sua vida agora, todo os bons momentos, toda a felicidade que teve até esse exato instante, as vitórias, tudo se deve por você estar vivo agora, por que seu papai e sua mamãe se conheceram.

Sabe qual a probabilidade de você ter nascido?

1 em cada 400 trilhões, melhor, segundo o Dr. Ali Binazir, é praticamente zero, mas então, tudo conspirou, e seus pais se conheceram, namoraram, decidiram ter um bebê, e aí sua mamãe resolveu te carregar por 9 meses na barriga dela.

É isso. Seus pais já te deram tudo, e quando eu falo tudo, eu falo da sua vida. Vida é conexão! Você está conectado aos teus pais, aos teus antepassados.

Então, ao perceber esse emaranhado de conexões, identifiquei a Lei da Vida: Vida é conexão, e vi que muito da nossa capacidade, estava limitada ao não tomar a força dos nossos antepassados.

Agora que você sabe disso, deve estar pensando em todas as conexões que tem com a sua família e o quanto você está ligados a eles certo? 

Vou propor a você um miniexercício para te ajudar nesse processo.

Quero que faça a árvore da sua vida, mas ao invés de colocar seus antepassados nos galhos, quero que coloque nas raízes, vai ficar uma miniárvore com raízes gigantes, mas é essa a imagem que eu quero que você fique e mentalize, para entender o quanto é forte a força das raízes da sua família e é por isso que ela determina como a árvore é.

Ao conectar com seus antepassados, conseguirá aumentar sobremaneira sua garra, força, energia e terá muito mais motivação para vencer qualquer dificuldade.

Também criará uma barreira invisível na sua árvore, que afugentará parasitas, bactérias, enfermidades que muita das árvores possuem.

Lembre-se, vida é conexão.

Forte e carinhoso abraço!

Leia mais no artigo: COMO LIDAR COM AS DORES DA VIDA? VIDA É DOR

Sobre o autor:

Marcel Scalcko atua com desenvolvimento de pessoas há mais de 22 anos. Guiou mais de 50.000 pessoas para uma vida mais leve e realizadora.

Após construir uma vasta experiência no campo do desenvolvimento humano, observou e documentou as 9 Leis da Vida e transformou esse conhecimento em um treinamento imersivo e único no Brasil.

É especialista em técnicas e procedimentos de desenvolvimento psico-emocional, como as constelações familiares e empresariais, que procuram guiar pessoas e organizações ao seu máximo potencial.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é telegram_horizontal-2.png
  1. Sou a Bruna de Souza, e quero parabenizar você pelo seu artigo escrito, muito bom vou acompanhar o seus artigos.

  2. Maria disse:

    Achei muito verdadeiro o texto, muito obrigado, grande abraço

    1. Equipe Grupo Scalco disse:

      Que bom saber Maria, agradecemos pela leitura. Continue nos acompanhando. Abraço!

  3. Luciane Blans disse:

    Boa tarde. Sou a Luciane Blans. Muito importante o que o Marcel comentou. A conexão com nossos ancestrais é muito significativa em nossa vida e devemos reconhecer, aceitar e ter gratidão por eles terem vindo antes e deixado esse legado de vida para nós. Gratidão.

  4. Kerso disse:

    Este artigo de milho é delicioso. E, de fato, a conexão com os pais é significativa. É por isso que tento dedicar tempo suficiente ao meu filho e proteger o máximo que posso. O app https://www.mspy.com.br/telegram.html me ajuda muito com isso, que tem muitos recursos úteis. Afinal, a segurança de nossos filhos é tão importante quanto sua saúde mental, que depende totalmente de seus pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *