O pior dos abandonos: O de si mesmo (Vida é Conclusão)

Quem você seria hoje se realizasse tudo o que se propõe a fazer?

Rico? Feliz? Aventureiro? MegaProdutivo?

Sei que não são as realizações que determinam o que uma pessoa é, mas sim as experiências para conquistá-las..

Se você já desistiu de si muitas vezes, eu sei de uma maneira de parar de se autossabotar e concluir o que sonhou um dia.

Fique comigo até o final deste texto.

Ouça o texto:

O tanto de dinheiro que você decide que vai juntar, que vai investir…

São tantos planos novos: do cursinho de inglês a levantar mais cedo todo dia para concluir aquele livro, que faz meses que você iniciou e não terminou…

Mas logo vem a frustração.

Você inicia bem, se empolga, mas logo perde o entusiasmo. Então você abandona ao ponto de nem mais lembrar que tinha feito aquele plano.

Esse talvez seja um dos maiores dilemas da vida humana: Concluir o que um dia começou. 

Há inúmeros motivos que fazem nos fazem desistir, as prioridades vão mudando, a rotina: trabalho-casa-casa-trabalho nos drena.

Quando temos  tempo só pensamos em pegar o controle remoto e colocar qualquer coisa do netflix.. e aí quando percebemos o dia passa, a semana passa, o mês passa.

E o que reina é o piloto automático. A rotina enterra nossos sonhos a 7 palmos do chão. Ali jaz todos nossos sonhos.

“Marcel, mas porque isso acontece? Eu tento, tento e não consigo…”

Todos temos ciclos não concluídos que desejamos finalizar.

E para isso nos render a uma das Leis da vida identificada por mim: Vida é conclusão.

Existem muitos motivos para o abandono de algo.

Vou falar sobre o aspecto mental, que atinge 99% das pessoas.

Me acompanhe:

Tudo que fazemos requer esforço.

E para conquistar coisas no longo prazo precisamos de disciplina.

Então a equação é simples: esforço + disciplina = resultado.

Porém ao nos ver tomados pelas tarefas cotidianas, que suprem nossas necessidades básicas (como trabalhar, comer, dormir), gastamos nossa energia. E até aí tudo bem, pois é necessário.

Mas quando subimos na escala, realizamos tarefas para efetivar outros objetivos e o cérebro entende que aquilo não é tão importante assim para demandar energia. Então não estabelecemos aquela tarefa em nossa rotina e o resultado é a desistência.

“Mas então, Marcel, quer dizer que minha mente me sabota?”

Sim e a maioria das pessoas não têm consciência disso.

Por você ter consciência disso agora, você conseguirá fazer uma armadilha para sua mente, que possibilitará continuar progredindo até conquistar o seu objetivo. 

Para ser mais esperto que a sua própria mente, você precisa CELEBRAR  a cada avanço no objetivo.

A sensação de PROGRESSO é altamente estimulante e ao CELEBRAR você dá um comando para seu cérebro que está progredindo.

Ao progredir, sua mente diz… “Humm, estamos mais perto do objetivo então vamos continuar depositando energia nisso.”

Quando você avança um pouco no objetivo e não celebra, o cérebro não tem estímulo para dar energia para aquela tarefa.

Sua mente diz para que ainda falta muito para concluir, você acredita e acaba abandonando.

Então vou te propor um exercício simples e eficaz, em 4 passos:

Passo 01:

Escreva seu objetivo em um bloco de notas e deixe ele visível, fisicamente ou digitalmente no seu celular ou computador. Ao deixar sempre visível, você sempre se lembrará dele. 

Passo 02:

Coloque uma data que você quer concluir, por exemplo, viajar para nova York dia 26 de junho de 2022. 

Passo 03:

Comece a pensar COMO você conseguirá este objetivo. Por exemplo: “Todo mês eu vou guardar R$200,00 para este objetivo, faltando 7 meses vou buscar uma agência de viagens e me informar sobre meu passaporte, além de buscar um hotel bacana para ficar”. É importante que nesse passo você adentre no máximo de detalhes que conseguir. Se possível, converse com alguém que já concluiu esse objetivo para ter uma real noção do que você precisa fazer.

Passo 04:

Todo mês que você avançar no objetivo, você irá comemorar. Sim, comemore mesmo, dê uns pulos, se permita e diga para si mesmo: “Eu mereço porque esse mês eu progredi”, sempre mentalizando seu objetivo final.

Esse mesmo exercício, com um pouco mais de detalhes eu dou em diversos Treinamentos e Imersões, e é altamente eficaz para a realização de objetivos.

Muitas pessoas relatam a mim o quanto suas vidas tem tido muito mais realizações ao aplicar esses simples passos.

Eu tenho certeza que se você realmente quer conquistar seus sonhos e seus objetivos, você conseguirá aplicar este exercício, e então a rotina, o piloto automático, não serão obstáculos no seu caminho. 

Uma vida com riqueza, felicidade, cheia de aventuras, viagens, com muito mais produtividade, te espera.

Agora você sabe como. Vida é conclusão! Forte e carinhoso abraço. 

Gostou?

Leia também o artigo: COMO GANHAR MAIS DA VIDA? VIDA É SEMEADURA

Sobre o autor:

Marcel Scalcko atua com desenvolvimento de pessoas há mais de 22 anos. Guiou mais de 50.000 pessoas para uma vida mais leve e realizadora.

Após construir uma vasta experiência no campo do desenvolvimento humano, observou e documentou as 9 Leis da Vida e transformou esse conhecimento em um treinamento imersivo e único no Brasil.

É especialista em técnicas e procedimentos de desenvolvimento psico-emocional, como as constelações familiares e empresariais, que procuram guiar pessoas e organizações ao seu máximo potencial.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é telegram_horizontal-2.png
  1. Olá, tudo bem!
    vimos sua puplicação e achamos que poderia ser pertinente
    colocar em nosso site:
    http://planosdesaudehdm.com.br
    Um grande abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *