Como tem medido a performance de seus colaboradores?

José (nome fictício) registra o ponto às 8:05, dentro da tolerância permitida pela empresa. Vai para cozinha, desembrulha um sanduíche que comprou numa padaria ali perto e toma seu café da manhã. Às 8:15 ele vai para o banheiro escovar os dentes e aproveita para ver as redes sociais. Às 8:25 ela está no salão de vendas e conversa com um ou outro colega sobre Big Brother, pandemia ou futebol. Às 8:35 ele atende o primeiro cliente.

Durante o mês José deixou quase dois dias de trabalho pelo caminho, não atingiu a sua meta de vendas e na pesquisa de satisfação dos clientes ficou com o conceito regular.

No dia primeiro, o gestor do José apurou que no mês anterior a performance dele foi de 80% considerando o relatado acima. E, quatro dias depois, José recebe 100% de seu salário. E os 20% de diferença? Bem, esses não voltam mais.

E você que é dono de empresa ou líder de equipe, quantos Josés você tem no seu time?

Se você respondeu um número, ótimo, você já sabe que tem Josés e quantos eles são. Mas se você respondeu que não sabe quantos Josés existem ou que resultado ele entregou, aí você tem um problema!

Isso ocorre porque provavelmente você não tem instrumentos de medição de performance dos seus colaboradores.

E aí, como você sai dessa situação?

Nós podemos ajudar você!

Precisa de ajuda? Comente aqui.

Leia também o artigo da consultora Lisandra Moreira: SELEÇÃO DE CRAQUES

Alexandre Klein.
Consultor Associado do Grupo Scalco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

: