A IMPORTÂNCIA DE DEFINIR METAS PODEROSAS E ASSERTIVAS

Todo início de ano é uma grande oportunidade de pararmos e refletimos sobre o ano que passou, os resultados que obtivemos, os que não tivemos, e principalmente, o que queremos que aconteça diferente daqui para frente.

E quando falamos em metas são basicamente elas que darão um norte para a empresa, pois uma empresa sem metas é como Alice no país das Maravilhas quando encontra uma bifurcação.

“Se você não para onde vai, qualquer caminho serve.”

As metas direcionam a gestão da empresa e quando bem definidas motivam e estimulam seus colaboradores a darem seu melhor no campo de batalha.

Mas infelizmente são poucas as empresas que sabem definir bem suas metas, uma forma de saber se foi bem definida é se no final do mês (período) ao comparar o resultado com a meta tenha atingido entre 95% e 105% da meta.

Isso é simples! Se o resultado foi de 120% da meta quer dizer que as metas foram baixas comparada com a capacidade da equipe, por outro lado se os resultados representarem 80% da meta então elas foram ousadas demais. Mas afinal, como chegar na meta ideal?

Metas coletivas: comumente vemos empresas definir metas gerais e iguais, ou seja, todos os vendedores com os mesmos valores a serem atingidos. Mas aqui eu pergunto: todas as pessoas são iguais? Todos têm o mesmo tempo de empresa? Todos conhecem os produtos da mesma forma? Todos atingem frequentemente o mesmo resultado? Provavelmente não, então caso queira definir metas poderosas para seu time, faça isso individualmente.

Gosto muito da teoria de darmos pequenos avanços, ou seja, muitas vezes conversando com os empresários é natural querer atingir metas grandiosas, que vão trazer um ótimo resultado para empresa, entretanto seu time muitas vezes não está pronto para isso.

Muitas vezes, o vendedor olha a meta no início do mês e diz para si mesmo: “Nunca vou conseguir”, essa sensação que é impossível desestimula, pois ele se sente inferior ao desafio proposto.

Por outro lado, quando a empresa define metas que pareçam fáceis demais ele pensa: “está fácil, me dedicando metade do mês eu bato”, esse sentimento também não ajuda a empresa, afinal o vendedor precisa sentir que é possível, desafiante e estimulante.

Como definir metas individuais poderosas então?

Não tem jeito o ideal é ver o que ele já vem produzindo e negociar com ele “um pouquinho a mais”, isso que chamo de pequeno avanço.

Para isso é importante ter os resultados obtidos e as metas propostas nos últimos meses, pois assim é possível entender o que está passando se estiver sempre abaixo da meta, ou subir um pouco a régua se estiver fácil para ele.

Enfim, neste artigo buscamos trazer de forma simples e clara alguns conceitos sobre definição de metas poderosas e assertivas.

Espero que tenho contribuído com você até aqui! Meta é coisa séria, não hesite em dedicar tempo e energia em sua definição afinal seu resultado depende disso.

Restaram dúvidas? Compartilhe nos comentários.

Leia também o artigo da Consultora Lisandra Moreira: LIDERANÇA RESPONSÁVEL

Forte e carinhoso abraço,

Vinícius Nunes.
Coach e Consultor Associado do Grupo Scalco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

: