10 dicas para despertar o comprometimento da sua equipe

Por Silvana Battanoli Araujo – Gerente de Qualidade do Grupo Scalco

Se você é um empreendedor, empresário, que depende da qualidade da execução do trabalho dos seus colaboradores para obter melhores resultados e que, em muitos momentos de sua jornada, se sente cansado, frustrado, chateado com o desempenho das pessoas que compõem a força de trabalho da empresa, saiba que você não está só!

Este é um dos sentimentos mais comuns da classe empresarial atualmente.

No e-Mais – Encontro Master de Atualização e Inovação Scalco 2019, evento que realizamos para proporcionar a troca de experiências, identificar dificuldades e desejos de melhoria na gestão entre empresários, identificamos que a sensação de falta de comprometimento das equipes com as necessidades da empresa é o sentimento mais comum entre eles.

Mais de 60% dos participantes deste encontro, manifestaram o desejo de ter pessoas mais comprometidas com a execução de suas atividades em conformidade com o que a empresa determina.

Alguns exemplos de manifestações das dificuldades pelos empreendedores presentes:

“Eu gostaria de ter pessoas mais comprometidas na minha equipe”;

“Maior dificuldade é persuadir as pessoas e conduzi-las a uma mesma linha de pensamento engajadas com a empresa.”;

“Falta de comprometimento e auto responsabilidade dos gestores das filiais”;

“Falta de engajamento e comprometimentos do pessoal, tanto dos colaboradores quanto dos gestores.”;

“Ausência de comprometimento e de entrega.”;

“Dificuldade de cobrar das pessoas o que tem que ser feito.”;

Na prestação do serviço em nossa consultoria utilizamos como base das nossas atividades os 7 Princípios de Gestão para Alta Performance e a partir de um destes, o principio da Liderança Responsável, podemos elencar 10 dicas para você ter uma equipe mais comprometida. Vamos a elas:

Dica 01 –  Assumir a tua parte da responsabilidade

O que eu tenho feito de ações efetivas para engajar mais a minha equipe? Analise e verifique se o que tens feito é, de fato, suficiente. É sua responsabilidade ser absolutamente honesto consigo mesmo.

Dica 02 – Assumir a tua parte da irresponsabilidade 

O que eu, ainda, não fiz para comprometer mais a minha equipe? A análise desta questão e a da anterior trará à luz ações que, ainda, podem ser feitas.

Dica 03 – O que de fato podemos fazer 

O que eu posso fazer hoje para melhorar o engajamento e o comprometimentos da minha equipe? Se comprometa a responder esta questão, que você vai ser dar conta que há muitas coisas que podem ser feitas e que você ainda não fez. Como por exemplo: Treinamentos, dinâmicas de desenvolvimento pessoal, técnicas de gerar reconhecimento e desconforto, implementar ferramentas para a medição do desempenho e da qualidade da execução das atividades, etc.

Dica 04 – Acreditar no potencial da sua equipe 

Um líder precisa acreditar que todos, sempre, podemos ainda mais, muito mais. Se você não acredita, não confia na capacidade das pessoas que executam os processos e atividades na sua empresa e que atendem os seus clientes, a responsabilidade pelos resultados negativos e totalmente sua, pois é você que mantém estas pessoas na sua equipe.

Mas, se ao contrário, você acredita que os seus colaboradores têm potencial para realizar muito mais e confia que possuem capacidade para alcançar resultados muito melhores,

Dica 05 – Invista nas pessoas

Invista nas pessoas, treine-as, capacite-as, desenvolva-as. Como na dica 03, onde sugeri algumas possibilidades de ação, entre elas estão treinamentos e participação em eventos que de alguma forma podem desenvolver seus colaboradores.

Dica 06 – Bate-papo de 10 minutos

Em alguns clientes da nossa consultoria, implementamos uma prática que é extremamente simples e com um custo de investimento, inacreditavelmente, irrisório que chamamos de “bate-papo de 10 minutos”. Uma vez por mês o líder imediato do colaborador deve reservar 10 minutos do seu tempo para bater um papo com cada integrante da sua equipe. Esta conversa deve ser informal, sobre qualquer tema, exceto trabalho, e o líder deve, obrigatoriamente, colocar-se na posição de ouvinte.

Esta técnica ou prática traz resultados incríveis no engajamento e comprometimentos das pessoas, porque passam a perceber que o líder se importa com elas; que seu chefe não está interessado apenas em sua performance, mas também, com sua situação pessoal e emocional. Experimente aplicar, você não vai acreditar nos efeitos que passará a perceber após dois ou três meses da execução da técnica.

Dica 07 – Educação Continuada

Como empreendedor, empresário e líder de pessoas, você sabe que a educação (transmissão de conhecimentos, treinamentos, capacitações, desenvolvimento) é uma caminho que tem início, tem meio, mas não tem fim.

Com as respostas que você obteve às perguntas da Liderança Responsável, identifique as necessidades e formas de proporcionar a educação continuada de seus colaboradores.

Nas próximas três dicas, temos três pilares importantes relacionados à educação das pessoas:

Dica 08 – Alinhar a comunicação

Devemos iniciar a educação dizendo às pessoas O QUE esperamos e desejamos delas como membros da equipe, ou seja, comunicar, comunicar, comunicar… de vários formas, por meios e métodos diversos, tais como: bate-papo, reunião, memorando, e-mail, ofícios, mural, gestão à vista, ata, whatsapp, telefone, sinal de fumaça…

Dica 09 – Alinhar o que será aprendido

O segundo pilar é definir o COMO, ou seja cada aprendizado que você deseja para a sua equipe, tem uma forma, jeito, formato diferente de ser executado para a obtenção de melhores resultados e mais eficazes. Em certos momentos, sua equipe precisa de cursos técnicos que promovam aprendizados de execução de tarefas e/ou atividades dentro de procedimentos previamente definidos e com a qualidade requerida nestes procedimentos. Em outras circunstâncias, a necessidade é de treinamento, repetição, para promover o desenvolvimento de habilidades, torná-las automáticas, instintivas, isso só conseguimos treinando, treinando, treinando…

Dica 10 – Porque fazemos o que fazemos

A última dica é deixar muito claro para a sua equipe O PORQUÊ, isto é, as pessoas não se comprometem com aquilo que não entendem. Isso é real, observe o seu comportamento com as coisas que você não entende ou que não ficam totalmente claras para vocês ou, ainda, aquelas situações que você faz alguma coisa, simplesmente, porque tem que fazer, por exemplo, você homem entende porque as mulheres demoram tanto para escolher uma roupa?

Provavelmente não, mas vocês não tem escolha, precisar esperar sua esposa ou namorada se aprontar, sem ficar zangado ou chateado. Isso é só uma ilustração, mas é real.

Se você aplicar, apenas, uma destas dicas, já terá gerado movimento suficiente para observar evolução na melhoria dos resultados que desejas.

Até a próxima!!!

  1. Olá, muito bom! Gratidão pelo conteúdo fenomenal. Quero já aproveitar e te convidar a dar uma olhadinha em meu Blog também, pois compartilho dicas tops quais acredito que possa te ajudar de fato! Conferi lá, Blz? 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *